Menu

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Vou-me Embora pra Pasárgada



E quando me perguntam porque eu me mudei para o interior...
"Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada
Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive

E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d'água
Pra me contar as histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização
Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar

E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
— Lá sou amigo do rei —
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada."
- Manuel Bandeira

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo

9 comentários:

  1. Burguês Inglório,

    O Manuel Bandeira nos lembra que temos também as mulheres simpáticas. Iniciei ontem na finansfera, e já criei meu blog. Se puder, dá uma passada lá: http://mascada-boa.blogspot.com.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. "Tem prostitutas bonitas
    Para a gente namorar"

    Lembro que a professora trouxe esse poema para os alunos da quinta série, imagine a zoeira, bons tempos, as crianças de hoje nem sonham com Manuel bandeira, prostitutas bonitas, muito menos com Pasárgada.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Eu vim do interior para a capital, pra lá não pretendo voltar, rs.

    ResponderExcluir
  4. Club do Executivo22 julho, 2017 03:14

    Apareça mais vezes, Burgues!
    De 2 em 2 dias venho aqui conferir se tem post novo seu e desde maio não encontro nada :/

    ResponderExcluir
  5. Sou a favor de quando jovem, ir pra cidades grandes pois lá geralmente tem melhores oportunidades profissionais, e se cresce como pessoa mais rápido. Isso no caso da pessoa não ter chance no interior... De resto é tudo ilusão, a vida no interior é muito melhor.

    ResponderExcluir
  6. Excelente o poema.
    E note como é frisado o fato de ser amigo do rei.
    Vale a pena o interior, se vc for amigo do rei, sim , daí vale.
    do contrário, pobre classe media media alta ou baixa, lugar grande sempre é melhor!

    ResponderExcluir