Menu

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Fechamento Anual - 2016

Boa tarde meus caros,


Fechamos o ano de 2016. Foi um bom ano pra mim de modo geral, gostei do modo como vivi, mas foi engraçado, pois sempre na passagem de ano eu tendo a ficar refletindo e pensando em metas diferentes e no caminho que estou seguindo. Dessa vez a passagem de ano foi pra mim um dia normal. Juntamos uns 15~20 membros da nossa família, dividimos as despesas e o trabalho e curtimos esses dias de feriado. Pedimos uma chopeira e nos embebedamos à vontade. Fizemos churrascos, pizzas no forno à lenha e jogamos conversa fora. Por este motivo eu demorei um pouco pra fazer este post, esperei todos vazarem pra não ser pego no pulo ao escrever um post para o blog.

Financeiro:

Sem emprego, sem aportes.
Falando nisso fui procurado por uma empresa legal pra fazer uma entrevista supostamente urgente, graças a indicação de um amigo, contudo meu amigo disse que era improvável que a entrevista aconteça tão cedo, já que depois do dia 20/12 ninguém mais trabalha até a metade de janeiro, que é quando os chefes saem de férias.
Sobre os investimentos, não aportei nem reinvesti. Estou com cerca de R$150,00 acumulados na corretora e os reaplicarei junto com os dividendos deste mês para evitar ficar pagando corretagem extra. Confira abaixo mais detalhes.









Estou feliz com o crescimento dos dividendos, e com a performance da carteira de modo geral. Minha única angustia agora é não encontrar um trabalho descente para potencializar o meu crescimento patrimonial. Espero mudar isso este ano e dar passos mais largos. Financeiramente, foi um bom ano.

Intelectual:
Não consegui fazer as aulas como prometi, se elas continuassem na mesma dificuldade do começo eu até conseguiria, mas cheguei em um nível onde demoro cerca de 20 minutos por aula de francês. Não é difícil, mas demanda um tempo grandioso. Mesmo assim executei 58 aulas de francês no Duolingo durante o mês de Dezembro. Fora isso comprei dois livros, Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas e 48 Leis do Poder. O segundo já tinha lido boa parte, mas vou ler agora, com calma, do inicio ao fim. Eu já tinha ouvido falar do primeiro em diversas situações, é muito comum receber indicações desse livro, e agora entendo o porque. Ele é um dos livros mais maravilhosos que já estiveram em minhas mãos. É inacreditável o poder dele de ensinar um beta social qualquer a se socializar como uma verdadeira raposa política. As coisas não acontecem do dia pra noite, mas conforme você vai aplicando as lições começa a perceber como a mudança é drástica quando se sabe como agir nos relacionamentos diários. Livro incrível.

Físico:
Quem me viu 2 semanas atrás no auge do meu físico alpha e me ver hoje vai achar que eu comecei a usar crack. Perdi uns 4kgs, meu peitoral definido parece que foi martelado, meus trapézios sumiram, meu braço inchadinho lindo virou um braço de paciente de hospital que está vivendo à base de soro. MAS as lesões e microlesões que eu tinha desapareceram por completo e agora mais do que nunca estou preparado para quebrar platôs. Em duas semanas minha memória muscular vai me deixar onde eu estava.

Social:
Depois de 2 meses seguidos no interior cheguei a conclusão que o interior não é o mar de rosas que eu vivi por 3~4 meses. Aquele lugar é um verdadeiro buraco de economia ruim. E estou pensando em fazer um post comparativo com minhas visões sobre o interior e a gloriosa cidade de São Paulo. Eu estava conseguindo bastante sexo no interior, mas me dei conta de que isso não era devido a facilidade, e sim devido ao tempo que eu dedicava à tal atividade. Aqui em SP nunca fiquei de férias como lá. Sempre estava focado em escola/cursos/faculdade/trabalho/etc, e isso não deixava que eu me relacionasse com nenhum objeto sexual de qualidade.
Voltar pra SP foi bom pra mim em muitos sentidos. Estava sentindo falta de casa, dos produtos, do nível de inteligencia das pessoas, dos meus grandes amigos, dos serviços, da qualidade da internet, e principalmente, de poder fazer o que eu quiser em uma balada, ir pra casa, e no dia seguinte ninguém saber de nada. Viver no interior me transformou. Acho que vocês gostarão de ler o que eu tenho pra falar sobre isso.

2017 vai ser difícil, mas farei o que for preciso para voltar a aportar

É isso ai meus caros,
Termino por aqui fechamento anual e me despeço com uma mensagem:
Desejo que à todos os meus leitores, colegas e amigos, que vocês tenham um ano lindo. Que recebam bastante dinheiro, aportem mais e gastem menos. Que vocês comam objetos sexuais incríveis sem se apegarem, sejam gps ou civis. Que vocês tenham bons rendimentos. Que vocês ganhem muita massa muscular e percam gordura. Que vocês se tornem mestres do networking. Que vocês terminem o próximo ano melhor do que o que são hoje. Envelheçam com sabedoria.

Bons ganhos e um grande abraçoo!

26 comentários:

  1. Fala Burguês, deve ser desesperador ver o tempo passar e não poder aportar!

    Você gosta de praticar algum esporte como futebol, basquete, vôlei?

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou o homossexual assumido da blogosfera.

      Vaza sua bicha...

      Excluir
    2. Anon experimente jogar basquete então, se não tiver preparo eles arrancam sua cabeça fora.

      Excluir
    3. Vôlei desses ai é o esporte que talvez menos requeira, porque saltar você salta no basquete e no futebol.

      Fora que futebol e basquete é pura corrida e contato físico.

      Excluir
    4. Futebol e basquete são os melhores.

      Excluir
  2. Fala BI,

    família apesar dos apesares, é para onde podemos correr em momentos difíceis, sempre a cative;

    as misérias dos dividendos eu arriscaria em opções;

    eu já li alguns Dale Carnegie, e 100 anos após seus estudos, vemos seus livros como atemporais, tente ler um livro por semana, é um bom hábito;

    no físico, trabalho duro e correto nos levam a melhoria constante;

    no social, cuide de você, seja carismático, simpático, higiênico, bom ouvinte, que as pessoas virão até você.

    Pra mim deu certo, abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LIvros mais idiotas possíveis, não se aprende a fazer amigos, simplesmente se faz.

      Os livros desse Dale Carnegie não passa de autoajuda boba e barata.

      Esse eu vou anotar nas pérolas das finanças:
      ARRISCAR DIVIDENDOS EM OPÇÕES;

      Meu deus do céu...

      Excluir
    2. Reclamam de tudo hahahahah

      Ninguém pode dar sugestão.

      Excluir
  3. Estou ansioso para ler seu post sobre o interior meu caro! Eu moro no interior e quero ver se seu post vai bater com minha visão desse lugar. Realmente é uma merda vc sair e fazer "merda" em uma balada e no dia seguinte a sua família inteira saber de tudo porque nessa cidadezinha pequena todo mundo conhece todo mundo. Eu também estabeleci algumas metas no meu blog, não são nada de muito difícil de cumprir, mas farei de tudo pra cumprir todas. Desejo um ótimo 2017 para você meu caro!

    ResponderExcluir
  4. Off Topic:
    Cadê os caras que criticavam o PARDAL, o cara falava de Bitcoins toda hora, eu comprei no balde e agora vou votar uns 70% de ganho no bolso.

    Pena que ele fechou o blog, o maluco era um desbravador(até o cuckholdismo dele) levou aos EUA.

    e você burguês está fudido meu caro, sem aportes, logo sua carteira vai derreter. Arrume um emprego urgente.

    Anôn Realista, Pensante com a cabeça dos outros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quem perguntou, seu imundo. Vaza daqui o blog do pardal é um dos mais lixososos, até o pobreta mandou ele para a PQP.

      Excluir
    2. Olá ANON,

      as suas três respostas são amarguradas, deixa de ser hater e vá construir sua vida, jovem órfão do pobreta.

      Você argumentando como humano, talvez possa me ensinar algo, todo ensinamento me é útil, porém hoje você não está me agregando nada.

      Beijos flor.

      Excluir
    3. Ou é mulher ou é viado no comentário das 15:44

      Excluir
  5. Burguês, de fato, após uma certa idade,fazer amigos é difícil, li tem mais de dez anos esse livro do Carnegie, não sei se me ajudou muito,agora as 48 leis do poder e outros livros desta autor são bacanas, é uma versão estendida do Maquiavel e Baltasar Gracian! Me ajudaram muito a ocupar uma função de chefia.

    Estou com uma dificuldade em desenvolver meu físico, resolvi mudar minha rotina de 6 dias pra 3 Full Body, pois acredito que seja overtraining, meu sono tá bem ruim, em Nov tava dormindo 8h fácil, agora não mais,aí fica difícil ter a recuperação muscular

    Interior tem disso, a tranquilidade de um lado, poucas oportunidades do outro, pelo menos vc tava passando geral, eu nem isso consigo huahuahua, oq leva pra esse lance que vc falou, mulher gosta de vagabundo por isso (não estou te chamando disso, vc tá ocioso apenas huahuahua, brincadeira), tem tempo pra elas,ficar atrás, se dedicar, dando atenção..quem trabalha já tá em desvantagem, principalmente dessas novinhas privilegiadas universiOtarias

    Enfim, ótimo 2017 para todos, não demore para postar Burguês

    PS brasileiro é foda, dia 05 de Jan e só vejo propaganda de bloco de carnaval pqp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  6. Sei como é viver no interior, não se compara a uma capital

    Sucesso nesse 2017

    ResponderExcluir
  7. Sinto isso na pele, vivi em uma capital do sul do Br, e no período de férias fico em uma cidade de 10000 habitantes, digamos que na minha singela opinião, vejo que sair da corrida dos ratos no interior é imensamente mais difícil do que em uma cidade grande, a quantidade de oportunidade que capitais em geral oferecem é absurdamente melhor. Ùnica possibilidade que vejo no interior seria o investimento em fazendas, principalmente em gado de corte... No entanto esse investimento beira os milhões para fazer dar certo. Abraço burgues e vamos seguinte, 2017 será um ano maravilhoso a todos!
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Que fase BI com 5 meses sem aporte

    Esse ano torço pra que consiga colocar a regularidade nos trilhos

    ResponderExcluir
  9. Grande BI.

    Que bom que você gostou do seu ano.
    Uma pena que não esteja conseguindo aportar. Eu estou trabalhando e nem assim consigo.
    Quanto a sua mensagem final, que você receba tudo multiplicado por 10.

    Abraço,

    Tiago Carvalho

    ResponderExcluir
  10. Burguês, você vai fazer as provas da APIMEC?

    ResponderExcluir
  11. No estado em que eu morava, além de poucas oportunidades era tudo mais caro. Aluguel era relativamente mais alto e alimentação quase o dobro e com muito menos produtos.
    Enquanto jovem acho que se deve ir pra cidade grande, onde existem muito mais oportunidades. No Brasil é foda, principalmente o crime e o transporte. Mas no geral isso do interior ser melhor é mito. A cidade tem que ser suficientemente infustrializada e não pode existir cabeça provinciana. Fuja de cidades onde ficam umas velhas cuidando a vida dos outros na janela e os jovens só tem um posto pra ficar desfilando o carro e bebendo.

    ResponderExcluir
  12. Burguês, solicito que por gentileza você remova o comentario que faz referencia a minha pessoa nesse post:

    http://burguesinglorio.blogspot.com.br/2016/07/a-pele-do-burgues.html

    O meu nome citado é Wallace, obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comentário removido meu caro,
      sinto muito pelo inconviente!

      grande abraçoo

      Excluir
  13. fala Burguês, feliz 2017 para ti!
    Abs

    ResponderExcluir
  14. Situação difícil hein burguês. Estou em uma situação bem parecida com a sua. Fico deprimindo só de pensar que passei 2016 inteiro em um emprego merda só ganhando salário mínimo e agora estar no seguro, só para não está desempregado.

    Interior só é bom para dar umas leitadas, fora isso não há nada que me leve a passar algum tempo longe da cidade, mesmo que a qualidade de vida seja péssima.

    Abraços e sucesso financeiro!!

    ResponderExcluir