Menu

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Os 10 Mandamentos Dos Burgueses Altamente Eficazes


Existem muitos "Gurus de Autoajuda" por aí hoje em dia. A maioria desses caras escrevem sobre as "chaves" para o sucesso nos negócios, relacionamentos, e vida em geral. Nenhum desses "experts" realmente sabe o que é viver como um burguês. A maior parte das informações empurradas por esses caras são puro lixo e sem aplicação verdadeira no mundo real, nas noitadas ou na rua. De fato, se você tiver o livro de algum desses caras e mais uma nota de dois reais, talvez possa conseguir uma xícara de café. E sem chances de ser um expresso duplo na Ofner...

Muitas pessoas leram o Os 7 Hábitos Das Pessoas Altamente Eficazes do Stephen Covey. Leitura decente. Da pra ver que ele sabe alguma coisa. Nesta semana aqui no blog, vamos te entregar em uma bandeja de ouro 10 hábitos dos burgueses altamente eficientes. Exatamente. Estamos superando o cara em três hábitos e iremos chamar de mandamentos até para dar um sagrado tom de religiosidade. De qualquer maneira, quem é esse tal de Covey? Nunca o vi esquiando em Aspen, passando o ano novo em Punta Del Este, nem sequer acompanhado de modelos em Jurerê Internacional no carnaval brasileiro...


1. Vista-se no Estado da Arte

Você pode não ser sempre o cara mais inteligente, rico, ou bonito da sala - mas você pode ser o mais bem vestido. Trabalhe nas coisas que pode controlar. Acredite em mim, se você conhecesse o meu alfaiate, definitivamente seria o mais bem vestido em qualquer sala que entrasse. Algumas pessoas dizem que isso não é necessário, veja o exemplo do Neymar. Bom, eu não posso discordar, mas se você você quiser se vestir como o Neymar, é bom que seja capaz de fazer o ambiente fluir como o ele consegue. Outros refutadores sempre vem com aquela de "look casual". Ainda que seja uma boa ideia para aportadores que ainda não subiram de nível isso fechará muitas portas para um burguês e não deixará que ele consiga expandir seus horizontes, além do mais, nem ouse pensar em ir para a Europa Oriental com esse estilo, pois por mais perto que você esteja das modelos húngaras, descobrirá da pior maneira que nunca esteve tão longe de pega-las. Isso se passar dos face controllers...

2. Adquira Conhecimento e Habilidades

Sempre esteja aprendendo. Nós burgueses somos e sempre seremos alunos. Claro que não raro sabemos mais do que nossos próprios professores, mas fingimos que não e continuamos a construir nosso vasto repertório pessoal. O conhecimento é o capital mais subvalorizado que existe, por isso estamos sempre comprando-o à preço de banana e aproveitando da valorização imediata que ele produz. Isso nos faz bem versados nos mais diversos assuntos, o que facilita nossa vida na hora de conquistar mulheres ou ser um excelente anfitrião em um jantar de negócios. Se você não sabe por onde começar a explorar o conhecimento, comece por este tema: viagem. Todos se interessam por ele, e ainda que um burguês de verdade viaje para os lugares para tirar suas próprias conclusões, você pode se tornar um impostor com boa reputação só de assistir "O Mundo Segundo os Brasileiros" do seu próprio sofá. Sabemos também que toda teoria do mundo não pode lhe salvar sem a devida técnica e aí entram nossas habilidades. Somos um canivete suíço em forma humana e nossas habilidades já superaram as 10 mil horas do Malcolm Gladwell, sabemos conversar, lutar, negociar, treinar, nos alimentar, manipular, ganhar dinheiro e festejar com classe. Os burgueses são tão habilidosos em tudo, que posso lhe afirmar que da pra reconhecê-los só de vê-los abrir um espumante. Não estou blefando.

3. Atue com Diplomacia

Ninguém é melhor em conseguir as coisas do que um burguês. Isso se da pela sua excepcional diplomacia que transcende seu ser. Ele é tão natural, fino e habilidoso que as pessoas imploram para que ele leve o que quiser. O próprio Dale Carnegie já disse em uma passagem de seu livro que os burgueses são os naturais do ramo. Seja um diplomata sempre e vencerá na vida com o mínimo esforço.

4. Esteja Disponível

Se você viver numa rotina muito cheia e restrita jamais poderá dizer sim para as possibilidades que a vida te der. Reduza suas obrigações e diga sim pra tudo. Sempre saia à noite. Eventualmente, quando estiver "pegando leve", certifique-se de sair pelo menos umas duas vezes por semana. Pouco ou nada de bom sai de uma noite no sofá assistindo televisão. E quando estiver fora, faça acontecer. Cada conversa deve ser sobre fazer contatos ou conquistar mulheres. Não desperdice seu tempo, afinal, ele é dinheiro.

5. Seja Positivo e Persistente

Rockefeller uma vez afirmou.
"O segredo do sucesso é acordar cedo, trabalhar até tarde e extrair petróleo."
Extrair petróleo nunca vem da sorte. Vem do trabalho duro e da persistência. Eu não consigo me lembrar quantas noites eu fui em algum restaurante e nada aconteceu. Então fui para uma balada e nada aconteceu. Então fui para um bar e nada aconteceu. Então fui para outra balada e nada aconteceu. Então eu fui para outro bar e... Extrai petróleo. A maioria das pessoas teria desistido a esta altura, mas não um burguês de verdade. Seja autoconfiante e controle seu próprio destino. Manifeste seu destino. Se você agir como se fosse um burguês, um dia acordará em uma mansão e quando alcançar seu bolso encontrará as chaves para o seu Aston Martin.

6. Assuma sua Singularidade

O gado não percebe o preço que paga por abrir mão da sua singularidade. Nada é pior do que ser exatamente como os outros. Isso reduz seu capital pessoal de uma forma irrecuperável e na minha opinião, é o verdadeiro significado de suicídio. Se você for como todos os outros, você não será ninguém e tampouco possuirá valor. Por outro lado, se quiser ser bem sucedido, aprenda com este mandamento e perceba como é simples. Tudo o que você deve fazer é observar o que o gado faz e agir justamente ao contrário. Eles ouvem funk brasileiro? Nós jazz e rap norte-americano. Menos de 2% da população deles pratica exercício? Nós treinamos arduamente por anos. Eles acham veadagem cuidar da pele? Nós achamos sensato. Eles se endividam? Nós investimos. Eles usam roupas casuais? Nós ternos clássicos sob medida. Crie sua personalidade e sustente-a. Isso pagará altos dividendos.

7. Faça Networking

Conheça pessoas e coloque pessoas que você conhece juntas. Isso só fará com que você se torna uma pessoa de ainda maior valor. Exemplo de pessoas que você deve conhecer: CEO's, caras ricos, donos de restaurantes, donos de boates/baladas, gerentes de agências de modelos, alfaiates, corretores de imoveis, políticos, gente do TI do Detran, jornalistas, blogueiros, e até mesmo um bom mecânico. Qualquer um que possa ter valor deve entrar para sua lista de contatos. Não tenha medo de conhecer pessoas do lado escuro da sociedade também. É sempre bom ter algumas garotas de programa para ajudá-lo a fechar algum negócio ou alguém para cuidar dos problemas quando a coisa ficar feia. Acontece com todos, não há do que se envergonhar. De fato, este mandamento prega que você se torne as páginas amarelas dos seus contatos. Pessoalmente acho que não existe sensação melhor do que atender uma ligação e responder: "Pode ficar sossegado. Eu tenho um cara. Sim, ele é o certo para o serviço".

8. Seja Implacável

Sempre que tiver a oportunidade, você deve esmagar seus inimigos. Quando ver a abertura, faça o que deve ser feito e não deixe que seu lado misericordioso tome conta de você. Arranque seus corações, suas almas e até suas namoradas. Você deve tirar eles da jogada por completo. Você não precisa de nenhuma dor de cabeça a mais. Apenas tenha certeza de que seus inimigos foram finalizados.

9. Adapte-se

Ninguém supera os burgueses na capacidade de adaptação. Isso porque ao longo da história, todos os invejosos sempre nos atacaram (continuam até hoje), o que resultou no nosso inevitável fortalecimento e acabou nos fazendo vitoriosos. Muitos dizem que os judeus são assim. A verdade é que estes últimos só foram capazes de sobreviver ao holocausto porque decidiram se apropriar do nosso estilo de vida. Uma respeitável jogada. Admito. Mas eles ainda tem muito a aprender, principalmente na vida noturna. Muitos caras se proclamam "jogadores" depois de um bom verão ou dois. Até alguns que falam menos e fazem mais por aí, ao juntar seus anos de ouro, somarão 5 ou 10. Bom. Muito bom. Fico feliz em ouvir isso. Mas o que acham de se manterem plenos e com bons resultados durante pelo menos 4 décadas?.. E aí meus caros... Podem sentar-se na minha mesa de poker. A maioria dos caras não pensa no longo prazo porque eles não tem nenhuma adaptabilidade. Os exemplos são incontáveis. Lembra dos caras com cabelo longo da época do Kurt Cobain que viviam cercados de roqueirinhas? Lembra dos gerentes da Kodak que ganhavam salários de banqueiros? Lembra dos caras que só conseguiam tudo por sms/bbm com seus Blackberrys? Lembra daqueles que injetavam synthol para parecerem com o Arnold sem treinar? O tempo passa, e eu lhe pergunto: O que acha que acontecerá com os funkeiros de hoje em dia? Melhor ainda, o que acham que acontecerá com as mulheres que eles pegaram? Eu também mal posso esperar pra ver... O problema de todos eles é que não tinham adaptabilidade nenhuma. Se você não se adapta, torna-se extinto. Quando foi a última vez que você avistou dinossauros na rua? Eu já vi acontecer com tantas pessoas, e acreditem em mim, não é nada bonito. Nada bonito.

10. Invista Sempre.

Não basta ter o suficiente pra hoje. Você deve ter o suficiente para todo o sempre, e mais um pouco. O único jeito de garantir o longo prazo é estar sempre investindo. Invista em si mesmo, em ativos financeiros, em armas, em roupas decentes, em seu corpo, em conhecimento, em boas experiências, e nunca pare. No dia em que parar de investir, sua vida acabou.

Ser um burguês não é tarefa fácil. Alguns de vocês talvez nem sequer tenham o que é preciso. Os mandamentos acima devem ser trabalhados e praticados todos os dias, e então, algo bom vai acontecer. Vejo você na Riviera Francesa.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Vale a Pena Montar um Home Gym?


Depois de tantos anos treinando, sinto que fazer academia já é algo que faz parte de mim e enquanto estiver apto, isso não vai mudar. Treino no mínimo quatro vezes por semana, mas não é raro treinar seis. Isso significa que boa parte do meu tempo em vida passarei dentro de uma academia. Recentemente comecei a me perguntar: será que vale a pena montar um home gym?

A pergunta inclui muitas variáveis como os preços das mensalidades das academias locais, a frequência com a qual eu utilizaria os equipamentos, quem mais de casa treinaria comigo, quanto eu gastaria com a manutenção anual, entre outras questões. Contudo, embora responder isso seja importante, alguns pontos chave me dizem que mesmo que aparentemente não seja bom financeiramente eu ainda assim deveria montar uma. Ter uma academia aberta 24/7, não ter que se preocupar com fazer social, escolher as músicas, treinar com qualquer roupa, não ter que se locomover e ter privacidade absoluta são vantagens que eu valorizo muito.

Quando falo em ter um home gym, estou falando apenas de um espaço legal para treinar dentro de casa, nada fora disso. O ideal seria ir comprando as coisas de pouco em pouco, conforme fosse sentindo necessidade, começando pelo básico até chegar à equipamentos high tech. Você faz o investimento inicial, que seria algo perto de 2 anos da mensalidade da sua academia local, e começa a comprar o básico do básico: uma barra fixa, uma corda, barra paralelas, banco, halteres, barras, anilhas, elásticos, caixa de som decente, prancha para abdominal, apoio pra flexão, medicine ball, espelhos grandes, roda de abdominal, hand grippers, rack de agachamento, saco de pancadas, speed bag, teto solo, uma variedade de anilhas e por aí vai... Como artigos esportivos costumam não ser baratos e nem tão fáceis de achar, a sugestão é que você vá comprando tudo separado quando tiver a oportunidade, poucos itens por vez. Para manter sempre seu espaço melhorando, separe todos os meses o valor de uma mensalidade de academia local e vá acumulando o montante para fazer alterações na sua academia. Compre coisas de qualidade, normalmente os equipamentos de academia necessitam de pouca manutenção.

Eventualmente você vai acabar formando seu modesto santuário, um lugar onde poderá treinar arduamente em paz. Os altos custos vão ser diluídos no longo prazo e você terá à sua disposição uma verdadeira oficina para moldar seu corpo. Se você pretende fazer academia por muitos anos e gosta da ideia de treinar em casa, home gym é uma ideia que definitivamente merece receber atenção. Não vejo a hora de montar a minha.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

O Sistema Numérico de Pancadas


Técnicas de boxe são como negócios. Se você for a aula, mas não refletir e adaptar seu conhecimento para cada situação. Nunca figurará entre os bons. No meu caso, percebi que eu tinha dificuldade para decorar as ordens dos golpes e criar sequencias rápidas.

Saindo de um dia de treino, ainda no caminho pra casa, tive a ideia de trocar os nomes dos golpes por números, assim poderia criar sequências numéricas com facilidade e a associação seria bem mais ágil. Quando fui pesquisar descubro que essa técnica já existia e foi amplamente utilizada pelo Mike Tyson, uma verdadeira lenda do esporte.


1. Cruzado(esquerdo)
2. Cruzado/Direto
3. Uppercut(esquerdo)
4. Uppercut(direito)
5. Gancho(esquerdo)
6. Gancho(direito)
7. Jab na cabeça
8. Jab no corpo

Achei genial esse sistema, ele acelera muito os reflexos e a criação de novas combinações. Eu sempre fui fã do Mike Tyson, acho que nunca mais existirá uma personalidade tão explosiva e alta testosterona como ele nos ringues. Esses leites com pêra do UFC não chegam nem perto.


O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Morre Hugh Hefner, Icônico Playboy Internacional


Quarta-feira à noite uma nota emitida pelo Twitter oficial da Playboy chocou os burgueses de todo o mundo. Hugh Hefner, idealizador do melhor estilo de vida de todos os tempos, morreu aos 91 anos de idade de causas naturais.

Como devem saber, atingir o estilo de vida playboy é o foco do blog, tal como dito na descrição:
"Blogueiro anônimo cujo estilo de vida busca a utópica evolução social, financeira, física e intelectual. Aspirante a playboy internacional." 
Hugh Hefner foi um dos mais influentes designers desse estilo de vida masculino e merece receber o respeito da burguesia. Infelizmente todas as coisas boas chegam a um fim. E cá entre nós, no caso dele até que demorou... Quer dizer, aos 86 anos o cara se casou com uma mulher 60 anos mais nova com um acordo pré-nupcial que a excluía da herança? Outro nível.


Claro que ele teve alguns deslizes na carreira, principalmente quando apoiou a Hillary Clinton, mas foram coisas pequenas e vou parar com as críticas negativas por aqui. Não é meu estilo desrespeitar os mais velhos jogadores. Muito menos atirar em grandes e respeitáveis ícones de longa data. Devemos dar a ele o crédito que merece. Hugh Hefner foi uma lenda.

Ainda que eu conscientemente tenha criado meu próprio estilo e nunca roubado um pré-formatado, vez ou outra me encontro com um roupão de seda verde fumando um bom charuto pela casa. Não tem como negar a coincidência. O cara influenciou a todos nós. Seu gosto impecável para roupas, festas, música, mulheres, tabaco, arquitetura, culinária, entre outras categorias foi responsável pela enorme separação entre homens e burgueses.


Descanse em paz meu caro. Obrigado.
"In my wildest dreams, I could not have imagined a sweeter life." - Hugh Hefner
O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Melhore Sua Pegada - Hang Gripper

"Weak hands makes a weak man." - Thomas Inch
Durante meus anos de treino foram pouquíssimas as vezes que treinei o antebraço. É fácil se perder em um treino que foca nos grandes grupos musculares. Contudo, recentemente encanei que deveria passar a treinar mais meu antebraço. É um músculo extremamente importante e masculino, necessário e utilizado virtualmente em toda a atividade: dirigir, cozinhar, treinar, trabalhar, pegar...

Eu queria algo consistente e que pudesse ser feito de qualquer lugar, à qualquer hora. Fui até uma loja de esportes e comprei diversos hand grippers com diferentes resistências. Um de 15kg, um de 25kg e um de 50kg.

Como o antebraço é um músculo que se recupera realmente rápido, da pra treiná-lo a cada 12 horas, como ao acordar e pouco antes de dormir, mesmo assim decidi treinar apenas uma vez ao dia. Institui uma meta de 100 repetições com cada braço. Comecei com o de 15kg e nos primeiros dois dias fiquei com alguma dor muscular do trabalho. Ao final do sétimo dia eu já estava fazendo as 100 repetições e pronto para passar para o próximo, foi bem rápido e fácil. O de 25kg deu um pouco mais de trabalho, demorei três semanas para alcançar 100 repetições consecutivas. E o de 50 kg ainda não consigo passar de 30, mas em breve conseguirei.

É importante que a execução seja feita com calma, e não muito rápida. 1~2 segundos por repetição ta bom, menos que 1 segundo a força elástica estará reduzindo seu trabalho muscular. Se você não conseguir fazer 100 direto, faça o maior número de repetições que puder, e aí passe para a outra mão, sem descanso. Quando cansar com a outra mão volte para a primeira e faça o quanto puder novamente. Repita até atingir 100. Quando estiver fazendo 100, não deixe de recompensar a si mesmo, poucos são capazes de se disciplinar, e não deixe de aumentar a resistência, agora você está no próximo nível. Se você não tiver como aumentar a resistência, quando atingir 50 repetições, segure o hand gripper pelo maior tempo que puder, até que seus antebraços fadiguem, e aí volte a executar as repetições até atingir 100.

Em apenas 5 semanas de treino meu antebraço cresceu visivelmente e minha pegada se tornou exponencialmente mais forte. Essa é uma forma simples, barata e conveniente de se manter apto e evitar que seus antebraços atrofiem diante de seus olhos.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Rap and Hip Hop


Aqui vai uma curiosidade sobre mim: Sempre gostei muito de rap norte-americano.
Sempre gostei do estilo, das letras, das lições, das histórias, dos remixes, da motivação e do bpm.

O rap norte-americano é masculino demais para o mundo de hoje, talvez por este motivo eu raramente encontre pessoas que gostem de ouvi-lo ou sequer conheçam-no. Isso é ótimo, pois  me da pontos de originalidade e personalidade. Não suficiente ele cai muito bem com um treino de boxe ou hipertrofia. Embora tenha bastante gíria, é relativamente fácil de entender e acompanhar as letras.

Eu e alguns bons amigos montamos uma playlist, com o tempo ela vai sendo refinada até que sobre apenas o creme. Sintam-se à vontade para dar sugestões ou para seguir. Futuramente, talvez eu faça uma playlist formada apenas por bom jazz pra darmos aquela relaxada.


O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Nota Sobre o Blog


Há algumas semanas me comprometi a voltar a postar no blog. Desde então tenho escrito e programado postagens para que saiam na quinta-feira às 19h. Normalmente tenho produzido mais de um por semana, com isso eles vão se acumulando, e sendo pré publicados para as respectivas próximas quintas-feiras que virão.

Eventualmente, tenho postado músicas, poemas ou textos de outros autores, espero que não se sintam incomodados. São coisas que gosto e por isso compartilho.

Outra decisão que tomei, foi a de parar de responder comentários. Foi uma decisão dolorosa e até hoje fico com os dedos coçando pra responder muitos deles, principalmente os de agradecimento. Mas isso consumia muito tempo. Tempo este que prefiro usar para produzir os textos ou completar as minhas tarefas diárias. Mesmo assim, gostaria que soubessem que recebo diariamente no meu e-mail os comentários, e leio nos detalhes cada um deles. Sou grato por cada mensagem, seja crítica, sugestão ou agradecimento. Todas elas são muito importantes pra mim.

Outra coisa que eu gostaria de dizer, é que eventualmente virão postagens misturando conteúdos fictícios com a minha realidade. São pequenos devaneios que eu tenho e gosto de colocá-los no papel. Algumas coisas absurdas já aconteceram comigo, outras são mais para o entretenimento do leitor. De todo modo, adianto que não são perda de tempo e que nas entrelinhas podem estar lições valiosas.

Por último, mas não menos importante, eu gostaria de agradecer àqueles que me acompanham há um tempo, eu tenho os dados do Google Analytics e vejo que muitas das minhas visualizações são de leitores que sempre voltam.

OBRIGADO, vejo vocês na quinta?

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Como Permanecer Fitness Para Sempre


Uma vez que você não está mais no auge de uma busca atlética competitiva, uma filosofia de treino sustentável de longo prazo passa a merecer ser considerada. Praticar esportes competitivamente só será viável durante um período na vida de um homem. Certa hora, será necessário repensar sobre seu desenvolvimento físico e trocar a abordagem focada ou especializada por um treinamento mais funcional e geral voltado para a formação de um homem mais completo.

O condicionamento físico tem um papel fundamental na busca por se tornar o melhor que você puder ser. Para este fim, desenvolver e manter, força, explosividade, velocidade e resistência acabará por pagar tremendos dividendos, recompensando-o em múltiplas áreas da vida que envolvam sua capacidade mental, física ou espiritual. Você gastará menos com remédio, terá uma qualidade de vida melhor, será apto a tarefas que necessitam de preparo físico, trabalhará sua autoestima, terá respeito e, por último mas não menos importante, manterá uma aparência jovial por longos períodos.

Esta é mais uma forma de ver os mundos com olhos de burguês, onde você compreende o que o capital físico esportivo pode te proporcionar, e sabe que quanto antes começar, receberá mais benefícios e por mais tempo. Para chegar lá, é necessário considerar alguns pontos.

Sustentabilidade


Sempre senti um certo tipo de vergonha alheia quando via aquele atleta que, anos depois de um glorioso período no auge de sua carreira, encontrava-se caindo aos pedaços, com seus músculos escondidos de baixo de um enorme tecido adiposo. A comparação entre uma pessoa normal e um atleta acaba sendo inviável nesse sentido, ainda assim teremos o mesmo destino se não formos espertos o suficiente. Para evitar isso, tudo o que você tem que fazer, é criar um pensamento de treino sustentável. Seu "modelo de treino" deve focar no longo prazo e ser viável por meses. Anos. Talvez décadas. Focar na boa forma, evitar overtraining, não deixar seu ego te forçar a levantar mais peso do que você aguenta, parar sempre que sentir uma lesão até que seu músculo se recupere, alternar entre treinos de +volume/-carga e -volume/+carga e preparar os ligamentos com variações de exercícios isométricos são a chave para o sucesso no longo prazo. Um burguês de respeito sabe que o importante é vencer a luta e não apenas o round.

Nutrição


Aprender a cozinhar é uma habilidade de importância máxima para nós burgueses, isso por muitas razões. Nós sabemos o que é bom, e gostamos de comer bem. Comer bem fora de casa implica em gastos enormes dos quais não queremos arcar. Outro bom motivo para se aprender é o fato de ser uma habilidade valorizada. Saber cozinhar te dará pontos sociais com amigos, mulheres e contatos. Não suficiente, existe uma lendária citação que circula entre as academias que diz:
"Great bodies are made in the kitchen, not the gym."
Se você aprender conceitos básicos de nutrição, poderá fazer pratos excelentes e saborosos que levarão seus resultados no longo prazo para outro nível. Saladas, carnes, massas, sucos, e sobremesas deixarão de ser tentações e passarão a ser fortes aliados quando você aprender a fazê-los com sabedoria.

Hábitos e Planejamento

É importante criar um planejamento simples e incorporá-lo a sua rotina, de modo que ele se encaixe na sua vida para todo o sempre. Do mesmo modo que você escova os dentes e toma banho diariamente, treinar, se alimentar saudavelmente e descansar devem fazer parte da sua rotina diária para todo o sempre até que se torne um hábito, não importando se você está em casa ou viajando, nem se está em um dia útil ou feriado. Todos os dias deve-se exercitar, seja um treino de hipertrofia ou uma caminhada longa com seu cachorro. Ao solidificar os hábitos tudo ficará mais fácil e seu corpo se adaptará a nova realidade, tornando-se mais fácil manter o estilo de vida por anos.

Resista à Tentações
“There is little that can withstand a man who can conquer himself.” – Louis XIV
Ainda seguindo a linha do tópico acima, é importante você compreender que para construir um corpo imponente e mantê-lo você deve encarar suas boas atitudes como juros compostos. Cada refeição bem feita conta positivamente. Um vacilo por semana resulta em 52 vacilos por ano. 520 vacilos por década. Isso faz uma diferença enorme. Evitar refeições de baixa qualidade, evitar álcool, focar no treino ignorando distrações como mulher ou celular, recusar drogas ou não faltar são atitudes cruciais para o longo prazo.

Experimente Esportes


Academia, ou pelo menos um treino básico focado em ganhar ou manter massa, deve ser mantido para sempre. Contudo, adicionar novos esportes pode ajudar muito na construção e manutenção de um corpo maduro e adaptável. Existem muitos esportes e todos eles vão ser bons. Eu gosto de aprender esportes por ciclos de 6 meses. Faça suas escolhas e adicione-os de acordo com seus gostos ou necessidades. Tênis, tênis de mesa, futebol, alpinismo, equitação, boxe, vela, basquete, poker, vôlei, slackline, remo, crossfit, calistenia, natação, skate, surf, bike...

Diferencie-se

Para ter sucesso na vida em quase tudo, é muito simples. Você deve olhar o que as massas fazem, e agir justamente ao contrário. Seja inteligente no modo como se exercita para se manter apto no longo prazo. Aprenda a cozinhar e a comer, evitando carboidratos lixosos, álcool e outras tentações voltadas para o gado. Crie e siga regimes sustentáveis desenhados para optimizar sua saúde e masculinidade. Dia após dia. Mês após mês. Streak após streak e você desenvolverá uma rara e formidável presença física que te diferenciará das massas e o acompanhará até seus gloriosos e últimos anos de vida.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Memórias


"Somos escravos das nossas memórias.

Olhamos para o passado, contando uma história de nós mesmos, e chamamos isso de identidade. Olhamos para o futuro, buscando novas histórias para conquistar, e chamamos isso de planejamento. Guardamos algumas coisas em nossa memória para uso imediato, para permanecermos ligados ao que está à nossa frente, e chamamos isso de foco ou atenção.

Sem memórias, não haveria cultura. Não haveria História. Reinventaríamos a roda todos os dias. Nossa coerência, nossa racionalidade, nossos sentimentos -- nada disso existiria se não fôssemos capazes de lembrar.

A vida é composta pelo que lembramos e pelo que esquecemos. Essa dança entre aquilo que guardamos e o que deixamos para trás. Os sentimentos mais virtuosos -- amor, gratidão, alegria -- são frutos da memória. Assim como a maior angústia: o arrependimento.

Não há esperança se não lembrarmos o que esperar. Não há saudade se não lembrarmos daquilo que, mesmo longe no espaço ou no tempo, nos alegrou.

Na ficção científica, a ideia de viajar no tempo é sedutora. Mas todos possuímos, de fábrica, a mais fantástica máquina do tempo: nossos cérebros. Levando-nos ao céu e ao inferno das lembranças.

Todo tormento, toda preocupação, toda discórdia, tudo o que nos faz felizes e o que nos motiva -- tudo isso emerge da nossa memória, frequentemente ignorando nossas vontades, durante essa breve história que, quando lembramos, chamamos de vida."

 - Pedro Calabrez Furtado

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Vale a Pena Treinar Boxe?

“Boxing is the toughest and loneliest sport in the world.” – Frank Bruno
Treinar boxe me trouxe um enorme arrependimento que carrego até hoje. O arrependimento de não ter começado antes. Se tivesse treinado desde criança certamente seria outro homem. Ao contrário do que devem estar imaginando, não seria mais briguento, nem mais folgado, mas definitivamente seria mais auto confiante.

Lembro-me da primeira luvinha que eu tirei com os colegas do treino. O primeiro soco que levei me deixou assustado, minha guarda já baixou, eu me senti indefeso, fiquei sem reação e passei a tomar muitos golpes. Ninguém parou a luta e eu fiquei lá apanhando até o round completar 3 minutos. Não sei se fui mais afetado fisicamente ou mentalmente. Meu ego estava em estilhaços. Porque ninguém parou? Porque ninguém me ajudou? Aquilo doía de tantas formas. No dia seguinte ninguém achou que eu voltaria a pisar naquele lugar, mas lá estava eu. Pronto para a próxima aula.

Todos os dias, assim que voltava pra casa, a primeira coisa que eu fazia era abrir os cursos de boxe que havia baixado do Pirate Bay e consultar canais de boxe do Youtube, buscando reavaliar minhas decisões. Na lutas que vieram deu pra ver o progresso. Não foi da noite para o dia, mas cada soco que eu levei foram essenciais pra que eu perdesse o medo, aprendesse a me desviar e fechasse a guarda. Treinei intensamente por meses a fio, com apenas um dia de "descanso" na semana (que eu aproveitava pra fazer algum esporte moderado como pular cordas, caminhar com o meu melhor amigo ou andar de bicicleta). Eu não pratiquei todos os esportes do mundo, mas na minha experiencia até o momento, concordo com o Frank Bruno, não vejo um esporte mais duro ou solitário do que o boxe, e isso é essencial para o desenvolvimento de todo o homem.

Os benefícios ainda vão longe: fortalece o core, melhora a cardiovascularização, aumenta seus ombros, melhora e corrige a postura, queima gordura, te deixa com reflexos rápidos e te ensina a se defender - de verdade.

Como você utiliza luvas no treino, ela absorve bastante o impacto dos socos, ou seja, o seu esforço dificilmente vai danificar suas articulações e com o tempo elas vão se fortalecendo justamente por isso. Não era raro eu ter dores no ombro e ter que fortalecer o manguito durante meus treinos de hipertrofia na academia. Não mais. Joelhos também melhoraram com os aquecimentos e exercícios isométricos clássicos da luta.

O maior problema que eu vejo nesse esporte, está na instrução. Dei sorte de ter um bom professor de BOXE. Nada daqueles picaretas que dão Muay Thai e vem falar que é a mesma coisa. Agora para você, caro leito, que gostaria de saber um pouco mais. Indico o Title Boxing Instructional Videos do Pirate Bay, um dos professores é o Freddie Roach, treinador do Manny Pacquiao, Mike Tyson, Miguel Cotto, entre outros grandes nomes. Outra boa fonte que me ensinou bastante foi o canal Expert Boxing. Infelizmente os conteúdos são apenas em inglês, se quiser ajuda pra baixar o conteúdo do Pirate Bay de uma olhada aqui.

Treinar boxe, vale muito a pena. É um esporte individual onde você é responsável por suas falhas e por seus acertos. É um esporte duro, que demandará energia, foco, inteligência emocional e estratégia. Você precisará treinar e lutar com inteligência. Se você dedicar seu tempo a ele, definitivamente receberá bons dividendos. Finalizo com um épico vídeo de luta entre duas lendas: Sugar Ray Leonard vs Thomas Hearns.


O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!
edit: 
Caros leitores, peço minhas mais sinceras desculpas por ter removido o link do Pirate Bay para as aulas instrutivas que mencionei, isso foi necessário por não estar em acordo com as políticas do Blogger, mas vocês podem procurar que encontrarão lá facilmente.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Vale a Pena Jogar Tênis?


O esporte que um dia era voltado para as massas, hoje foca em um seleto público. O tênis talvez seja o melhor esporte para um burguês por trazer consigo o respeito e prestígio que merecemos vinculados à nossa imagem, sem faltar competitividade. Os benefícios são sólidos, tanto para quem deseja ser profissional, quanto para quem quer jogar recreativamente. Separei alguns bons motivos em lista:

1) Ele te deixa fitness, preciso e rápido: O esporte requer força, agilidade e garra. Metade do jogo é mental. Aqueles que não são capazes de sobreviver, seja falta de físico ou de mente, não conseguem gostar deste divertido jogo.

2) Contatos e negócios: Se você for jogar futebol em um clube, mesmo que seja um clube da elite, provavelmente vai encontrar diversos babacas fracassados em peso, e uma minoria importante com quem você gostaria de manter contato. No tênis, estranhamente, isso é o contrário. Costumeiramente são pessoas mais bem polidas e que admiram aqueles que são competitivos e dedicados. Diversos tenistas profissionais se tornaram grandes banqueiros, advogados ou políticos. Não estou dizendo que você vai sair faturando uma grana e conhecendo gente boa, mas certamente existe uma chance maior neste do que nos outros esportes.

3) Você aprende a criar responsabilidade: No tênis, se você errar, a culpa é sua! Não tem mais quem culpar... Vai jogar a culpa no time? Você é o time. Se perdeu foi sua responsabilidade. Mas se ganhou também foi. Sem dúvida esportes independentes são os que formam os homens mais responsáveis.


4) Mulheres: Tênis é um esporte excelente pra quem curte flertar. Nesse meio não é raro encontrar mulheres solteiras de boa qualidade, isso porque uma gorda jamais estaria em uma quadra de tênis. Além disso, quem joga tênis cria fica com um corpo muscularmente denso e definido, claro que não da pra comparar com o desenvolvimento muscular de uma academia de musculação, mas é comparável com outros esportes. Além disso da pra jogar em duplas, o que é bom pra quebrar o gelo.

5) Melhor associação e prestígio: Você tem que admitir que o esporte que tem classe. Pessoas poderosas e de sucesso dos mais diversos ramos o adoram. O próprio Donald Trump costumava ser encontrado jogando tênis no tempo livre. Roger Feder é reconhecido por seu refinado estilo e boa educação. Até mesmo quando há separação entre casais é algo abafado e suave, jamais vemos aquelas manchetes feias falando sobre tênis/tenistas na mídia. Em contraste, quantos casos vocês já não viram de jogadores de outros esportes que batiam na mulher? Isso quando não enterravam o corpo para não pagar pensão ao filho que se encontrava na barriga. Este esporte é para os old sports. Confiram o vídeo.

Que classe...

6) Perfeito para viajantes: Em qualquer país decente você vai encontrar clubes de tênis, talvez até no seu hotel dependendo de onde ficar. O prestígio e a boa imagem se mantém intactos mundialmente. Praticado pela elite de todos os cantos do mundo você poderá treinar virtualmente em qualquer lugar.

Como podem ver, o tênis é um excelente esporte e tem ótimas vantagens frente aos outros esportes. Se você tiver a oportunidade de aprender a jogar faça o teste e veja se o esporte é pra você. Tente por pelo menos 2 meses. Se não for, lembre-se que a culpa é totalmente sua e libere a quadra para o burguês competitivo que vai pegar sua namorada (se ela for gata, é claro).

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Povo Marcado



E quando me perguntam o que eu acho sobre ser: médico, lixeiro, odontólogo, chapeiro, economista, professor, jogador, marqueteiro, administrador, advogado, estatístico ou político...


O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

A Arte de Subornar


O suborno é um dos pilares para quem quer viver decentemente como um burguês. O propósito, obviamente, é colocar a vida no modo fácil e conseguir um bom retorno sobre seu investimento. Aqueles que se acham no direito de não subornar ninguém, sempre vão gastar menos, porém também receberão menos e jamais conseguirão chegar perto do potencial estilo de vida de um burguês de verdade. A arte de subornar consiste em fazer com que não pareça ser um suborno. As pessoas não gostam de ser compradas. Por este motivo, feriados e datas comemorativas são as melhores épocas para subornar.

Quando estiver subornando alguém, você deve sempre ser sutil. Jamais faça um show com esse tipo de atitude, essa inclusive é a diferença entre subornar e dar gorjeta (quando você está em um restaurante ou bar bem acompanhado você na realidade quer que a sua companhia veja o quão generoso você é - no brasil isso é mais raro, ainda que funcione, mas quem já teve experiência no exterior sabe como isso é eficiente). Isso é realmente importante, suborne apenas se estiver "sozinho", afastado de suas companhias, ou em um bom local que não dará na cara, caso o contrário seu retorno sobre o investimento pode não ser tão bom quanto espera. Lembre-se sempre de um dos princípios mais importantes de todo o burguês: lucrar no longo prazo. Se você não for mais naquele lugar, não há porque investir. Outro ponto importante, é o que você usará para subornar, cada grupo tem suas peculiaridades e cabe a você sacar qual é o melhor custo-benefício. - Mas é claro que vou ajudar vocês com um pequeno guia básico pra que tenham um norte:

1) Garçons e bartenders: alguns anos atrás eu provavelmente colocaria motoristas em primeiro lugar, mas agora, graças ao Uber, podemos enviar carros para quem quisermos com poucos cliques e preço decente. Isso nos leva ao novo primeiro lugar. Se você quiser falar sobre negócios, sair em um encontro com uma mulher nota 9+ ou simplesmente solidificar um bom contato, você vai precisar levar essa pessoa para um bom restaurante. Em meio a juízes, políticos, empresários e outras tantas pessoas importantes, um burguês de peso como nós pode facilmente parecer pequeno em um lugar desses, isso é claro, se ele não conhecer a arte de subornar. Daí a importância de subornar os garçons e bartenders. Eu particularmente gosto de dar pra eles um isqueiro de qualidade, pode ser um Zippo. É uma boa escolha mesmo que ele não fume, pois se for um garçom ou bartender que valha seu peso, ele com certeza se prontificará para acender o cigarro dos clientes, e como são trabalhadores ocupados e sem tempo para comprarem um isqueiro decente, são forçados a utilizarem bics, que definitivamente reduzem sua gorjeta. Este suborno pagará bons dividendos quando você precisar da melhor mesa na adega da Veridiana, e certamente vai ajudar com a boa vontade também.

2) Porteiros: Só suborne porteiros com dinheiro, e foque nos mais importantes, como o porteiro gerente e o que cuida da porta. Existe um turnover grande e seus investimentos podem acabar vencidos como opções da vale de 2015. Talvez você nunca tenha reparado neles, mas eles são sempre a primeira impressão do restaurante (e estão em todos os bons), e quando chegar bem acompanhado vai ganhar bons pontos ao ser recebido com uma cara de satisfação.

3) Alfaiate: Esta é uma das pessoas mais importantes para se subornar. Não é incomum ver sujeitos maltratando aqueles que cuidam de sua aparência. Um verdadeiro tiro no pé. Todo homem deveria ter um alfaiate decente e cuidar bem dele - jamais indique seu alfaiate para seus amigos, e isso serve para qualquer outro funcionário que tiver ao seu dispor - para suborná-los, o ideal é levar uma garrafa de Cabernet Sauvignon. Se você fizer tudo certo, com certeza receberá os valiosos pocket squares (lenços) extras. Valem o investimento.

4) Barbeiro: Outra importantíssima pessoa que cuida do seu visual. Felizmente não tenho que me preocupar com isso, tenho o meu contato que faz esse trabalho desde pequeno e como ele é um amigo da família há gerações não preciso me preocupar em comprá-lo. Mas se você ainda não tem, procure barbearias clássicas de homem que saibam cortar ao estilo de Humphrey Bogart em Casablanca e mantenha-se fiel. Não esqueça de levar um vinho no final do ano - ou um Montecristo No.2.

5) Associados: Os mais importantes que trabalham com você devem ser subornados com refeições. Boas comidas e bons drinks. Você paga a conta e eles continuarão trabalhando fielmente para com você. Além disso é bom pra saber o que se passa nas ruas e nos negócios. Nunca perca o contato nem a confiança desses caras.

6) O açougueiro e as meninas do mercado local: Com esse grupo é sempre dinheiro. Vale a pena. As fatias extras de prosciutto, a carne fresca cortada com esmero, e o sorriso da garota que trabalha no Varanda compensam o recurso desembolsado. Basta eu mandar eu uma mensagem e ela já prepara minha comida predileta pra viagem. 50 reais pra cada no natal e você será bem tratado o ano todo. Uma pechincha.

7) Corretores de imoveis ou ações: você já paga demais pra essas caras, eles não merecem a quantia que recebem. Contudo, se abrirem boas exceções e conseguirem um bom negócio pra você, um vinho descente vai fazer a noite deles. Jamais de dinheiro.

8) Policiais: E aqui eu digo policiais corrompíveis, esses caras ganham pouco, mas o que realmente faz eles se tornarem fiéis é uma garota (favores dela, mais precisamente). Garotas só curtem policias em filmes, na vida real elas não sentem atração alguma. Aqui, quero que fique claro que estou falando dos policiais do interior. Nas cidades grandes, a menos que eles estejam sempre perto do seu bairro e você os conheça, não vale a pena. Já no interior, eles podem deixar de atender queixas caso você esteja dando uma festa com patricinhas tocando durante a madrugada toda aquele rap norte-americano que os funkeiros odeiam. Os cops também podem dizer que o sistema está offline se uma dessas patricinhas tentar te passar a perna e alegar que foi estuprada/assediada falsamente. Em caso de emergência, você terá acesso a linha realmente funcional deles e em menos de 5 minutos haverá dois carros de policiais com fuzil prontos pra te defender. Se você tiver dificuldades em conseguir mulheres, a doação generosa pode ser feita com whiskey nas festas natalinas. Por último, mas não menos importante, você estará imune a blitz e à lei seca.

9) Políticos: Outro grupo de alta importância caso você viva no interior, já em capitais - a menos que você seja um magnata - não vale a pena subornar esses caras. A mídia tem dificultado a compra desses importantes stakeholders ao expor milhares de políticos e forçar o fim do foro privilegiado. Contudo, basta você ser bom no timing ou partir para outros métodos. Dependendo da cidade, eles já ganham bebidas demais, caso não, elas são sempre bem vindas e apreciadas, Montecristo No.2, mulheres e refeições fazem parte de um bom conjunto. Seus negócios locais vão fluir como nunca. Se você não entende porque é importante subornar políticos, seus problemas não terminam aí. Caso tenha uma residência no centro onde passam muitos carros e fazem muito barulho, os políticos podem alterar as mãos das ruas acabar com seu problema, valorizando seus ativos. Podem te ajudar com negócios alugando imóveis dos quais a prefeitura é dona à preço de banana. Podem fortalecer o nome da sua família colocando seu sobrenome em ruas estrategicamente importantes. Comece pequeno, e vá gradativamente escalando socialmente com seus contatos. Políticos costumam ter boas informações para quem atua na bolsa, tenha-os do seu lado.

10) Garotas de Programa: Não precisa ser inteligente pra saber porque é necessário subornar as pessoas que cuidam da sua saúde mental e  do seu desapego. Elas são a chave para se manter em um estilo de vida utópico (solteiro, rico e plenamente satisfeito). Não se esqueçam da capacidade que elas tem de reduzir o poder a influência de outras mulheres sobre a sua vida. A partir da terceira vez que se encontrar com uma dessas damas, não deixe de trazer um presente. Depois basta trazer presentinhos a cada 5~8 encontros. O ideal é trazer um Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, colar, pulseira, brincos ou outra jóia qualquer da Vivara. É claro que se ela for uma deusa, talvez você devesse dar uma olhada na Tiffany. Esse movimento não só vai garantir que consiga encontrar a garota de última hora sempre que necessário como também vai te dar tempo extra e as transas mais incríveis que um homem pode receber.

Existem outras pessoas que você pode subornar: professores (sejam acadêmicos ou de esportes), farmacêuticos, traficantes (eu ficaria longe deles, mas é seu negócio, vale a pena cogitar), entre outros, as possibilidades vão longe. A arte do suborno precisa ser adaptada ao seu estilo de vida e com o tempo e a experiência você com certeza se tornará um nobre burguês honrado se fizer as escolhas certas. Lembrem-se de sempre carregarem o pensamento do suborno. O mundo gira em torno disso e poucos parecem ter notado.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Interior vs São Paulo


Quem acompanha o blog sabe que eu sempre morei em São Paulo e há quase um ano me mudei para o interior de São Paulo. Agora que já estou aqui faz um tempo, posso fazer uma comparação mais madura e ajudar o leitor a conhecer um pouco mais dos prós e contras de se morar em cada um.

São Paulo
Eu particularmente gosto muito de São Paulo. A cidade é incrível, tem tudo o que você precisa e o que não precisa. Pode-se resolver qualquer problema à qualquer hora. Realizar seus desejos. Sair de dia, de noite, de tarde. Todos os dias. O ano todo. Cedo ou tarde vai topar com pessoas extremamente influentes e agradáveis de conversar. A cidade ta sempre funcionando, cheia de energia. Lembro de um dia que eu estava meio desmotivado pra fazer esportes, fui ao Ibirapuera, era uma terça-feira às 9 da noite, estava escuro e bem frio. Quando cheguei lá vi que o parque estava cheio, tinha gente de todas as idades: crianças, jovens, adultos e idosos. Todos correndo, andando de bike, fazendo slackline, fazendo barras, treinando na academia improvisada de concreto, patins, skate... Essa é uma boa imagem que eu tenho da cidade, ela ta sempre se movimentando.

Interior de São Paulo
Como meus avós sempre moraram no interior, quase todas as férias eu viajava pra casa deles. Eu gostava bastante, mas pra ser sincero, passava a maior parte do tempo no computador. Era ótimo dar um tempo da cidade. Com pouco dinheiro já era suficiente pra suprir tudo o que eu queria fazer, como naquela época eu ainda não era um burguês acumulador de patrimônio isso era um fator importantíssimo. A cidade tem menos de 50k de habitantes, e sempre foi extremamente parada. Depois das 20h o trafego diminui muito e depois das 23h já se torna raro ver carros na rua. Pessoas então nem se fala. Tenho a impressão de que ninguém sai de casa aqui, nunca. O comércio fecha às 18h, os restaurantes fecham entre 21h e 00h e depois das 2am não existe mais absolutamente nada aberto.

Prós e Contras

Transporte

O transito em São Paulo é péssimo, a cidade claramente tem um problema de logística e não consegue suportar todos aqueles carros. Estacionar é complicado. Você tem trânsito todos os dias da semana (até de domingo). Enquanto isso no interior a tranquilidade é enorme, até mesmo em horários de pico(se é que eles existem...). Se você gosta de scooters ou motos, isso não vai ser um problema, pra estes transportes a SP vence e tem um asfalto de qualidade muito superior, ainda que ruim. Gasolina é mais barata e melhor. Empresas competitivas forçam o preço perto do limite, enquanto no interior o litro é quase 30 centavos mais caro e a qualidade destrói o motor do carro, além de render menos. São Paulo tem um grande leque de possibilidades: você pode ir de ônibus/metro/táxi/Uber/bike/trem/skate/carona para se movimentar dentro da cidade. Para fora da cidade, ainda existe a opção do avião. O único jeito de alguém do interior viajar internacionalmente é indo para SP. De modo geral, eu deixo aqui o ponto positivo para o interior, visto que o paulistano médio passa cerca de 1 mês inteiro do seu ano parado no trânsito.

Emprego

São Paulo vence. Na capital boa parte das pessoas que eu conheço estão em multinacionais. Trabalham em grandes empresas dos mais diversos setores: bancos, farmacêuticas, tecnologia, etc. A oferta está sempre em alta, enquanto isso no interior só existem subempregos e mesmo que você seja capaz de abrir seu próprio negócio dificilmente terá um sucesso grande, já que a renda per capita é 5x menor que a renda per capita do paulistano. Aqui não existe nem argumento. Não da pra comparar. No máximo da pra dizer que as pessoas não são tão estressadas, mas elas trabalham o mesmo número de horas e ganham muito menos. Os melhores cargos no interior são bancários, médicos, odontólogo e administradores. Ainda assim, são inferiores e ganham menos.

Festas

Em São Paulo tem de tudo. Sempre tem festas épicas, principalmente de faculdades. Você pode escolher a que você preferir de uma lista enorme de eventos. Tem também bares, e diversos bairros festeiros pra sair no final de semana. No interior, quando tem, é uma merda, sempre. O gado gosta, mas ele gosta de tudo. Pra vocês terem noção as pessoas se arrumam para ir na feira, no cinema e no restaurante. O paulistano médio não conseguiria suportar tamanho choque de qualidade dos eventos.

Preços

No interior (quase) tudo é muito mais barato. Comer fora. Sair pra festas. Academia. Mercado. Clube. Aulas esportivas. Tirar carta. Aluguel...
Exemplos: 
- Comer massa em um restaurante italiano sai 17 reais para duas pessoas, ou seja R$8,50, com bebidas não passa de R$13, em SP seria fácil uns R$30;
- Hambúrguer gourmet premium de costela em um foodtruck R$17 em SP seria uns R$40 fácil;
- Academia R$20, em SP R$ 60;
- Boxe R$ 40 (5x por semana), em SP R$120 (2x por semana);
- Casa com 3 quartos, 2 banheiros, 1 garagem pra 3 carros, sala e cozinha NO CENTRO R$800/mês, em SP seria mais de R$3 mil com certeza.
Enfim, as únicas coisas mais caras são combustível e produtos de mercado industrializados como cerveja/doces/etc. De modo geral o custo de vida do interior é ínfimo. Com R$1.000,00 ao mês da pra viver. Com R$2.000,00 da pra imperar.

Educação

Hoje da pra ser autodidata e aprender tudo pela internet. A cidade do interior é cheio de pontos wi-fi distribuídos em praças, casas e estabelecimentos, mesmo assim o povo consegue ser retardado. Digo isso com tristeza, mas no interior as pessoas são burras, extremamente estúpidas. Poucos escapam e possuem uma inteligência superior, mas a maioria é realmente idiota de modo que não da pra conversar. São cabeça fechada e muito mais arrogantes que o paulistano. É o gado na forma mais inútil. Não tem nem como estimular eles, são uma causa perdida. Não há faculdades boas, as melhores estão em cidades universitárias, fazendo com que aqueles que querem estudar tenham que sair da cidade. Boa parte sai, outros pegam ônibus fretados que vão e voltam todos os dias(aí talvez já compense mais o trânsito de SP). As escolas particulares são ruins (bem inferiores às paulistanas), contudo, as escolas públicas são infinitamente melhores que as paulistanas, mas, perdem para as públicas do interior. Ou seja, na minha opinião: escolas particulares paulistanas > abismo > escola particular interior > escola pública interior > escola pública paulistana. Obviamente estou generalizando, sempre existem exceções, mas de maneira geral isso se aplica.

Sotaque

O sotaque dos habitantes do interior de São Paulo não é legal. Na verdade é péssimo. Mesmo eles sabendo que o sotaque deles é horrível e serem meio complexados com isso de modo que sempre deixam escapar: "ahh eu falo errado mesmo", "nois falamo assim e pronto" "falo tudo junto e puxo rrr memo", entre outras frases clássicas de quem quer atacar para defender seu ego. Eles ainda não gostam quando um deles começa a falar mais paulistano. Certa vez um amigo meu foi conhecer São Paulo e quando voltou estava falando muito parecido com os paulistanos, foi incrível ver que todo mundo atacava o sotaque dele. Eu nunca entendi o porque, só deixou mais claro que o complexo que eles possuem é real.

Violência

Aqui é onde o interior humilha a capital. Ainda que São Paulo seja a capital menos violenta do Brasil, a cidade está longe de ser segura. No interior eu nunca vi uma arma, nunca conheci ninguém que tivesse sido assaltado nem nada do tipo. Existe o crime, normalmente é bem ligado ao tráfico de drogas, e pequenos roubos (trombadinhas pegando celulares de maneira sorrateira em festas). Existem brigas em festa, mas também são poucas. O maior perigo aqui são estradas e ruas durante a madrugada nos finais de semana. De resto, pode dormir até com a janela aberta, pra vocês terem noção, não é raro eu sair de casa 3 da manhã pra passear com meu dog, ou ir à praça com meu notebook utilizar o wi-fi público para escrever para burgueses de todo o brasil. Em SP nem preciso dizer. Virtualmente todos os meus amigos já foram ou conhecem quem foi assaltado a mão armada. Eu mesmo já fui.

Tinder

Em SP eu fazia a festa no Tinder. Usando um raio máximo de 12 km nunca acabava o número de mulheres para conhecer, todo dia tinham novas pessoas. Eu costumava dar 1~5 matches ótimos por semana consistentemente. No interior em 3 dias eu esgotei um raio de 60 km, Se consegui 20 matches em 6 meses foi muito. Puro lixo.

Mulheres

Tema difícil. Em SP existe um número muito maior de mulheres bonitas e um bom número de mulheres incrivelmente bonitas. No interior existem poucas bonitas e nenhuma incrivelmente bonita. Por esse motivo as bonitas são bem mais exigente e chatinhas. Claro que da pra pegar, mas em SP é muito mais viável. As medianas e submedianas são do mesmo nível em SP ou no interior, tanto faz. De maneira geral, as mulheres que eu pego no interior são menos bonitas do que as paulistanas, mas mais fáceis de levar pra cama. Bem mais fáceis. Eu prefiro SP. - Não vou nem entrar na falta de classe das meninas do interior, se você preza por isso e não conhece o interior, quando conhecer vai se decepcionar.

Mercado

O mercado de SP é muito mais maduro, tem uma variedade enorme pra todo tipo de produto. No interior não tem nada, contudo, por sorte existe a internet, mas os produtos vão demorar um tempinho pra chegar, ainda mais se contar com a ineficiência daquela empresa lixo que é o Correios. Mesmo assim, não da pra comparar, ainda mais quando você morou por anos e sabe onde encontrar o que quer, direto em SP eu dava um pulo na zona cerealista pra comprar uns chás pra academia, ou numa loja de esportes pra comprar o que eu precisava por um bom preço. Se quisesse uma cerveja diferenciada ou um vinho especial também era só ir ao mercado que tinha de tudo. No interior não existe nada disso e o que existe possui uma variedade minúscula.

Localização

Em SP eu morava meio longe de tudo, tanto porque o m2 era mais caro, quanto porque era bom ter um pouco de ar puro e sossego pra dormir. No interior a minha casa fica no centro, pertinho de tudo e, na minha opinião, todo mundo mora no centro. É tudo pertissímo: mercado, clube, casa de amigos, restaurantes. Da pra ir a pé ou de bike facilmente.

Cultura e Comunidade

No interior as pessoas gostam mais do lugar de onde são. Possuem orgulho. Boa parte ama sua terra e sempre que sai pensa em voltar. Quanto à cultura eu não sei dizer, eles não possuem tantos indícios de cultura quanto em cidades do interior europeias (o próprio sul brasileiro tem essa característica), o máximo que eles fazem aqui é tombar propriedades antigas, tombar ruas lixosas de paralelepípedo, construir pracinhas e colocar bustos de comandantes do exército que viveram 200 anos atrás. Em SP você tem muitos museus, parques, feiras e eventos ligados a cultura. Aqui não. Eu não acho que seja por causa do tamanho da população, acho que seja por causa do desinteresse da população. Por outro lado, eles são bem engajados em proteger a natureza em volta da cidade, pelo menos parte da população é.

Outros Pontos

Falam Demais

Uma coisa que  tive que me acostumar, é com a mania das pessoas de comentar sobre absolutamente tudo o que acontece com a vida alheia. No dia seguinte todos sabem de tudo. Em SP ninguém é ninguém e ninguém está nem aí pra ninguém. Você pode fazer o que quiser, onde quiser. Talvez até encontre um ou outro conhecido, mas a menos que seja um evento de "bairro"é bem improvável, e mesmo que aconteça, dificilmente essa pessoa vai espalhar boatos ou ficar falando da sua vida. No interior todos se conhecem, todos se encontram e todos comentam sobre tudo, sendo verdade ou não, boa parte dos boatos são puras invenções. Essa é de longe a coisa que mais me irrita no interior.

Quantidade de Capital Necessária

Mais acima falamos dos preços. No entanto, os preços não são a única coisa importante quando se trata de dinheiro. Existe também o valor necessário para que você se sinta bem. No interior, ter um carro de R$ 35 mil já é mais que suficiente, enquanto na capital, nem fodendo. Ainda mais se você frequenta bairros como Alphaville, Jardins, Itaim. Para que você se sinta BEM no mesmo nível do interior é necessário ter pelo menos uma BMW. No interior um New Fiesta 2014 de 35 mil seria considerado um dos carros tops da cidade, com uma BMW série 1 já da pra imperar.

Moto > Carro

Eu prefiro carro do que moto, e todo paulistano que conheço também. No interior existe uma coisa muito estranha, as pessoas curtem mais moto. Elas são apaixonadas por motos 600cc ou mais. Não importa a idade. Homens e mulheres de 15 a 40 anos. Nunca entendi o porque. Já perguntei mil vezes, já fiz quase que uma "pesquisa de marketing" de tantas perguntas que fiz pra tantas pessoas diferentes, mas aparentemente elas só gostam e é isso. Não sabem explicar. Talvez a dificuldade esteja no tópico que eu escrevi lá em cima: educação.

Inveja

Se por um lado as pessoas gostam de andar de BMW e de Hornet (kkkk). Por outro elas não gostam que você tenha e elas não. Em SP, meus colegas e amigos, sempre torcem para que seus colegas e amigos conquistem coisas legais e de valor. Quando alguém surgia com um "apê" novo, um carro legal, histórias sobre viagens pra fora, entre outras coisas. Todo mundo gostava de ver/ouvir e dava os parabéns. Afinal, não importa se o cara vai gastar ou aportar, cada um faz o que quiser com seu dinheiro. No interior não. As pessoas sentem uma inveja de morrer, já ouvi casos de gente que pediu pro cara tirar o carro da frente da casa para que os pais não ficassem mal por isso. Esse tipo de caso é raro, mas acontece. Inveja doentia. O mais comum é o pessoal ficar te "testando". Acontece sempre.

Quase Não Existem Amigos

Em SP fiz grandes amigos. Amigos que já me emprestaram dinheiro, me convidaram pra morar com eles quando eu saí de casa,  me defenderam e entraram em brigas por mim em festas que deu problema, que me apoiaram quando perdi familiares, que me convidavam pra sair e até pagavam a conta do jantar quando eu estava sem grana. Amigos pra todas as horas. No interior os casos assim são extremamente raros. As pessoas crescem juntas, saem juntas, frequentam a casa um do outro, mas basta aparecer uma mulher no ambiente que eles já começam a se jogar uns contra os outros pra tentar aparecer mais. Chega até a ser feio.

Estilo

As pessoas não percebem a importância do estilo. Elas não perceberão se você estiver bem arrumado, tal como não vão reparar na estrutura da sua casa. Elas olham apenas o principal. Suspeito que talvez elas consigam discernir o que é melhor de o que é pior, mas não tenho certeza. O fato é que mesmo que você tenha a melhor combinação de roupas do mundo, provavelmente eles não vão sacar seu estilo. Não vão entender e talvez até te achem estranho - ou pior, talvez nem reparem... Os estilos que eles sacam e percebem são os mais adotados pelos descolados da cidade, todos se vestem e ajem de maneira semelhante.

Música

Tal como estilo, aqui só tocam as mesmas músicas em todos os lugares. São músicas que foram lançadas há cerca de 6 meses e chegaram no interior recentemente. Contudo, se você tocar uma música de 12 meses atrás eles vão te julgar por achar que ela é velha. Eu ouço o que eu curto a maior parte do tempo - um rap norte-americano ou um bom jazz. Mas é claro que se aparece um grande grupo de gado rapidamente coloco um funk de 6 meses atrás e todo mundo adora.

Aqui estou falando de um jeito geral, espero que vocês compreendam que não é uma situação fixa. Com certeza você pode e vai ter opiniões diferentes. Por isso não deixe de visitar o interior, tal como não deixe de visitar a cidade de São Paulo. Contudo, depois que se certificarem de que estou certo mais uma vez, deixem suas opiniões nos comentários.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Cada Streak Uma Vitória

caderno do Burguês
Quem me conhece sabe que eu sempre ando acompanhado do meu pequeno caderno de anotações. Ele é bem parecido com um Moleskine, a maior diferença é que um custou R$7 enquanto o outro custava R$90. Claro que as coisas mudaram. Hoje o simplório caderninho que carrego vale, com absoluta certeza, mais de R$500 - eu definitivamente pagaria isso pra reavê-lo - enquanto o Moleskine continua custando R$90, mas nunca conheci ninguém que pagasse isso. Mais uma prova irrefutável de que tudo o que eu compro valoriza.

Dentro do meu caderninho eu guardo planos, ideias, desenhos, dados e informações de assuntos "aleatórios" interessantes, citações, analises de relatórios empresariais, diálogos reais, diálogos potenciais, uma linda arte feita pela minha mãe pra "quebrar" o clima sistemático que reflete em tudo que tenho, respostas bem sacadas de sitcoms, posts futuros que ainda precisam ser lapidados e a secção mais importante pra mim atualmente - Streaks.

Tirei a ideia do Duolingo. Cada dia que você realiza uma tarefa até às 00:00 sem deixar passar em branco, você acumula um ponto - pode ser traduzido como "em série". Quando alguém está invicto, usam a expressão que aquele alguém está em uma winning streak.

Eu gostei da ideia e decidi adotá-la no dia a dia. Coloquei todas as tarefas que tinha como meta realizar de forma consecutiva dia após dia. O livro só tem 1 porque terminei de lê-lo em um dia, faltavam apenas 80 páginas quando comecei com essa história de streak. Pra mim isso vem dando certo. É um jeito de tornar quantitativo meus bons hábitos. Todo dia eu tenho que sentar e ticar o que eu fiz.

streaks do Burguês
Essa técnica é especialmente boa para quem quer adquirir novos hábitos e solidificá-los. Os resultados no longo prazo são sempre visíveis. Quando comecei a fazer os exercícios com o hand gripper, utilizava o de 15kg e achava difícil. Alguns dias de treino consecutivos foram suficientes para eu passar para o de 25kg e agora estou tentando me adaptar ao de 50kg (consigo 30 reps, a meta são 100 por lado). No francês consegui mais de 10% de fluência (de acordo com o Duolingo) - agora totalizo 37% - nada mal para quem não entendia uma palavra até o final do ano passado. Boxe então, nem se fala. Me desenvolvi muito rapidamente para os meus padrões, meu jab já ta matador. Só falta agora começar a ler outro livro para aumentar meu repertório.

A ideia é simples e funcional. Apenas não coloque muitas coisas pra fazer logo de primeira. Vá adicionando conforme se adapta a sua própria rotina. Você pode adicionar o que quiser. Quer aprender poker? 1h ao dia de Poker Stars e em 1 mês você já terá visto mais jogos que todos os jogadores profissionais que viveram até os anos 2000. Gostaria de aprender piano? Uma língua nova? Cuidar da sua pele? Estudar uma matéria especifica? Fortalecer aquele joelho frágil com um pouco de isometria? Fazer um curso online? Ler um livro? Aprender a cozinhar? Tudo começa com a primeira streak.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Vou-me Embora pra Pasárgada



E quando me perguntam porque eu me mudei para o interior...
"Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada
Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive

E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d'água
Pra me contar as histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização
Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar

E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
— Lá sou amigo do rei —
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada."
- Manuel Bandeira

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo

sábado, 27 de maio de 2017

Economia Colaborativa: O Triste Fim do Gado

"A casa de um homem é seu castelo"

O termo "economia compartilhada" traz uma ideia interessante, ele parte do principio que devemos focar em produzir bens de uso comum, capazes de serem divididos com uma ampla rede de pessoas, otimizando assim o nosso senso de cidadania e comunidade. A própria internet é uma delas se você parar pra pensar a fundo, e graças a ela, muitos serviços/produtos já estão funcionando nesse esquema: airbnb, uber, blablacar, armário compartilhado, entre outros...

E espero que não me entendam mal, para o aportador inteligente, tudo isso são boas ferramentas que podem lhes ajudar a atingir um objetivo financeiro, mas para o próprio bem da população, algumas coisas não deveriam se basear nessa natureza.

Eu sou um grande fã da gloriosa Quarta Emenda à Constituição dos Estados Unidos, que tem sido interpretada como o direito a privacidade. Ela tem sua origem nas leis inglesas onde alguns lugares eram restritos de modo que nem mesmo o Rei poderia ir sem permissão. 

“A man's home is his castle” 
A frase acima, comumente encontrada em textos jurídicos que datam terem sido escritos durante o começo do século 17 sintetiza bem meu ponto de vista.

Este cidadão de Kentucky atirou em um drone que invadiu seu quintal até que ele caísse. Quando se dirigiram até ele pra perguntar sobre o caso sua única frase foi: "Se você atravessar a rua e entrar no minha propriedade sem permissão, vai haver outro tiroteio e outra queda."

Os Estados Unidos durante muito tempo foram símbolo dessa relação onde o proprietário tem o direito de gerir e defender sua terra, representando o limite entre as autoridades e o cidadão. Contudo, com a ascensão dos preços de imóveis e das dívidas estudantis uma boa parte dos jovens, jovens-adultos, não deixou de morar com seus pais, ou passaram a morar de alugueis onde nada é deles e estão semiprotegidos apenas pelas frágeis leis do inquilino.

O número de pessoas que tem entrado nesse regime é cada vez maior. Eles tem se acostumado em morar de aluguel pra sempre e não dão a mínima para proteger suas propriedades, já que eles não tem. Eu não quero criar aqui uma teoria da conspiração, mas tire um tempo pra refletir, de uma pesquisada nas ações que a Open Society Foundations tem tomado para fortalecer esses ideais "democráticos", veja o rumo que as novas gerações tem seguido. É muito importante se ter pelo menos uma casa por família. Um lugar onde você tem suas raízes, onde você guarda a sua história e as coisas que são importantes pra você. Não importa se é grande ou pequeno, todo homem deve ter o seu lar, seu castelo.

Volto a dizer que se você usa inteligentemente o sistema este artigo talvez não seja tão importante, o meu foco são aqueles que aportam pouco ou nada . Quando a maior parte da sociedade entrar em um regime onde pagam aluguel porque "compensa mais financeiramente" e utiliza o dinheiro para serviços e produtos totalmente inúteis, aí não haverá mais volta, já que você será um no meio de milhões que acham sossegado viver uma vida de gado trabalhando dia após dia para pagar produtos e serviços: academia/lavanderia(share)/celular/bicicleta(share)/carro(share)/apartamento(share)/pacote do office(share)/pacote adobe(share)/umas roupinhas/cineminha/viagem para tirar fotos e compartilhar/internet/pão e circo/etc, e está ótimo, já que todos ao lado viverão da mesma maneira e acharão isso o máximo. O gado nunca mais saíra deste ciclo. Ele será mais refém de seu trabalho do que nunca. Seus planos futuros sempre serão planos futuros.

É fácil também cair na falácia de acreditar que se ninguém comprar propriedades, provavelmente seus preços vão cair. O mais provável de acontecer é grandes construtoras e/ou grandes fundos de investimentos passarem a comprar um número cada vez maior de propriedades, como elas vão ter um yield sólido proveniente da população que paga aluguel, conseguirão dominar partes cada vez maiores do mercado de forma crescente.

Se vocês acham que estou indo muito longe, não deixe de dar uma olhada no recém lançado: Smart Santa Cecilia da construtora Gafisa que traz o primeiro "HOME&SHARE" do Brasil, o vídeo, é o mesmo que estou colocando abaixo.


Engraçado como a Gafisa quer ajudar a humanidade dividindo tudo, e fazendo o bem pra todo mundo, mas a página onde ela expõe seus trabalhos sociais tem menos linhas que meu post...

A Exame também tem um texto legal: "Economia colaborativa: dividir AO INVÉS DE ACUMULAR". Mostrando mais o lado positivo do que o lado negro, mas ainda sim vale a pena ler pra refletir.

Se você já tem um lar, não deixe de lutar por direitos. O mundo caí por direitos trabalhistas, mas ninguém parece se preocupar com leis que protegerem assaltantes de invadirem a propriedade da sua família. Nos Estados Unidos em alguns estados as famílias abrem empresas e colocam a casa como a sede da empresa. Se a empresa falir, ninguém pode tocar na sede da empresa. Não podem nem penhorar os bens que estiverem dentro da casa. E se alguém tentar invadir ainda pode levar chumbo grosso, que não haverá complicações legais. Aqui no Brasil, seu barraco é tomado pelo governo em 5 anos se você não paga IPTU (roubo) tornando-se divida ativa do município.

A única saída é seguir o caminho dos aportadores. Se você possui um lar com sua família. É importante aproveitar a vantagem para aportar e conquistar mais bens e direitos. Se você não possui aproveite enquanto o governo ainda mantém juros baixos e outros incentivos para comprar seu imóvel próprio, porque algo me diz que futuramente eles (os incentivos) vão deixar de existir. Não faça negócio com pressa, pesquise, reflita, tente procurar por um lar legal, bem localizado, no centro de alguma cidade bonita e calma, cujos habitantes tenham uma genética media visualmente bonita, e apresente baixo índice de violência, mesmo que você não vá morar lá nos próximos anos. Use o maldito FGTS que não rende nada. De seus pulos, relógio segue se movimentando.

O resto é com vocês.
Bons ganhos e um grande abraçoo!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

O Guia do Aportador - Investimentos


Este guia tem como objetivo dar um norte para aqueles que querem se tornar aportadores, que querem aprender a investir, mas não sabem por onde começar.

Antes de tudo, você, caro leitor, deve responder a seguinte pergunta:
Porque eu deveria investir?
Esta é uma pergunta pessoal que não posso responder por você. Eu, por exemplo, invisto porque gosto da ideia de acumular patrimonio, gosto de ter recursos suficientes SEMPRE que necessário para suprir emergências ou meus desejos. Além disso, sonho um dia poder desfrutar da IF sossegadamente, tendo controle do meu tempo apenas pra mim, sem obrigações. Sou também bem competitivo. Sempre quero ser o mais musculoso da sala, o mais bem conectado, mais inteligente. E o dinheiro é a base do desenvolvimento. Sem recursos você não compra livros, não tem acesso a internet boa, não treina em academia decente ou come direito. Simples assim. Tudo isso quase que me obriga a ser um investidor para futuramente poder ter resultados consistentes.

Tendo de forma clara suas razões e objetivos em mente, o próximo passo é abrir uma conta corretora. As corretoras são a ponte para comprar ou vender ativos financeiros. Ela é ligada à Bovespa (bolsa de valores brasileira) e, dependendo da corretora, à outras instituições financeiras que fornecem fundos/aplicações.

Tem muitas corretoras no mercado. Eu comecei pela Rico e mais tarde mudei pra Socopa por ser mais vantajosa para os ativos que eu adquiria. Contudo, tanto faz qual você escolher, o importante é que você leve em consideração:
  • Ofertas de investimentos: algumas corretoras oferecem muito mais possibilidades de investimentos do que outras, é bom escolher uma que, além do acesso à bolsa, tenha boas oportunidades de renda fixa.
  • "Plataforma": deve se adequar aos seus usos, você vai usar PC, tablet ou smartphone para fazer suas operações? Prefere que ofereçam acesso via aplicativo ou tanto faz? É fácil de mexer? Nesse aspecto sinto falta da Rico, a plataforma dela é muito mais organizada e bonita do que a da Socopa.
  • Segurança: é importante saber que os ativos que você comprar ficarão na CBLC (Câmara Brasileira de Liquidação e Custódia) administrada pela B3 (Bovespa), então se a corretora quebrar ou for liquidada você será pouco impactado, contudo ninguém merece ter dificuldades para acessar seus bens, negociar no mercado, adquirir ou se desfazer de ativos porque a corretora fechou.
  • Taxas: talvez este seja o principal motivo de se abrir uma corretora ao invés de utilizar o próprio banco para fazer operações. As taxas influenciam DIRETAMENTE nos seus ganhos, o Viver de Renda escreveu este post legal sobre isso. Lembre-se sempre que TAXAS e IMPOSTOS são os maiores inimigos do investidor.

Como você provavelmente vai demorar 2~3 dias para que sua conta corretora seja aberta, aproveite este tempo para refletir sobre sua estratégia de investimento. Como você pretende chegar ao seu objetivo financeiro? Você prefere renda fixa ou variável? Ativos mais arriscados com maior potencial de valorização ou ativos mais seguros com menor potencial de valorização? Pretende ganhar focando em dividendos e reinvestimentos de dividendos ou na valorização das cotas? Abaixo vou falar um pouco sobre alguns produtos financeiros e conceitos básicos que podem ajudar na montagem da estratégia da carteira de investimentos.

Em geral os investimentos costumam ser divididos em duas categorias: Renda Variável ou Renda Fixa. Nenhum dos dois são livres de risco, mas no segundo caso (RF) pressupõe-se a certeza de que o investidor será pago. Enquanto no primeiro (RV) a remuneração  não pode ser prevista com exatidão.

Renda Variável

Ações
Basicamente são cotas de empresas que abriram seu capital para se oferecerem na bolsa de valores. Existem dois tipos de ações, preferenciais (sem direito a voto) e ordinárias (com direito a voto). No curso que eu fiz ministrado pelo Robert Shiller ele diz que as ações ordinárias é onde os potenciais ganhos se concentram e que as preferenciais são como títulos. É claro que as duas vão subir se a empresa se sair bem, mas eu prefiro manter em minha carteira apenas ações ordinárias. No brasil o código delas costumeiramente termina em 3, por exemplo, FJTA3 (Forja Taurus ação ordinária).

O motivo de se comprar ações visando ganho é dividido em duas categorias: ganhar com dividendos ou ganhar com a valorização da cota. Conforme as empresas vão atingindo seu ápice e passam a ter dificuldades de onde investir seu dinheiro, elas começam a distribuir uma parte maior de seus resultados em forma de dividendos. Do contrário, enquanto elas observam no mercado grande chance de crescer, elas investem tudo o que podem na própria empresa, abrindo novas fabricas, centros de distribuições ou até expandindo internacionalmente, com isso vemos diretamente um aumento no valor da cota, isso se mantêm até que ela atinja seu ápice e se torne uma geradora de caixa/distribuidora de dividendos, por isso é muito comum ver empresas que pagam um baixo % de dividendos com um preço caro, pois o mercado precifica que futuramente elas pagarão bons dividendos.

O ideal é que você sempre tire um tempo para refletir sobre os negócios da empresa que está pensando em comprar. Será que entrarão novos competidores no setor? Será que no futuro a demanda pelo produto continuará crescendo ou ela tende a estagnar? Existem produtos ou serviços substitutos que competidores podem oferecer? Como está a saúde financeira da empresa? A administração dela é agressiva ou passiva?

Dividendos
É a parte do lucro das empresas/FIIs que é distribuída ao acionista/cotista.


Fundo de Investimento Imobiliário (FII)
Portfólio do BRCR11 - BTG Pactual Corporate Office Fund

Minha categoria de investimento predileta, funcionam de forma parecida com as ações. Basicamente são cotas de um fundo que compram prédios de escritório, agências bancárias, mercados, hotéis, distribuidoras, hospitais, entre outros e alugam estes prédios para empresas. Eles administrarão tudo, alugarão os prédios, pagarão as contas necessárias, o 95% ou mais do lucro será distribuído ao cotista. Alguns fundos focam em aluguéis, outros possuem uma administração mais ativa que compra, reforma ou espera valorizar, e vende os imóveis, por isso é relativamente comum ver fundos fechando ao vender seus prédios e distribuindo seus lucros aos cotistas. Caso queriam ler mais sobre FIIs, sugiro fortemente que leiam o conteúdo do  Pensamentos Financeiros, separei os melhores artigos dele sobre FIIs abaixo:

Como estruturar uma carteira de FII
Logística/Comercial
Educacionais
Hospitais/Agências Bancárias
Shopping/Residencial
Fundos de Fundos
Escritório parte 1
Escritório parte 2
Fundos com RMG/Geracionais Multi-imóveis
Papel

Como boa parte dos artigos acima foram escritos há alguns anos, a ideia não é que você tome aquelas anotações como atuais em suas decisões de compra, mas compreender como se analisa um FII e passar a entender um pouco mais sobre essa classe de ativos.

ps: existe uma discussão grande sobre fundos de papel serem Renda Fixa ao invés de Renda Variável, isso é totalmente compreensível, mas coloquei aqui, em conjunto com os outros, por não fazer sentido separá-los dos outros FIIs.

ps2: lembrem-se de tomar cuidado com as TAXAS de administração! Alguns fundos possuem taxas aceitavelmente mais caras por serem mais ativos e trazerem mais resultados, outros na minha opinião, deveriam ter taxas menores do que as que são praticadas.

Futuros/Opções/Derivativos
Vamos deixar isso pra outro dia.

ETFs
São fundos negociados na bolsa que compõe uma variedade de ativos, lá fora existem muitos pra todos os gostos, aqui no brasil não temos muita variedade. Você pode consultar todos eles aqui. O legal de comprar um ETF é que quando você compra um, está na verdade comprando várias ações de uma vez só, isso é bom para o investidor pequeno que quer cortar custos e manter um investimento diversificado. Os dois principais ETFs da bolsa brasileira são BOVA11 e PIBB11. O Viver de Renda escreveu um artigo sobre os pensamentos dele. O artigo é de 2009, mas eu concordo com ele, que vale mais a pena o PIBB11 por ter uma taxa de administração extremamente baixa.

Renda Fixa

Tesouro Direto
Tesouro Direto

São títulos públicos federais voltado para pessoas físicas, que permitem aplicações com apenas R$30,00. É muito difícil um governo dar calote interno. Estes títulos são considerados os investimentos mais seguros do brasil. Existem vários tipos de títulos do tesouro, para aqueles que querem ter mais liquidez (tirar o dinheiro quando decidir) o melhor é o Tesouro Selic, que rende diariamente. Para quem pretende deixar o dinheiro por um prazo mais longo, existem títulos que pagam semestralmente e outros que pagam somente na data final. Aí vai do perfil de cada um, eu costumo usar o tesouro mais para acumular, não deixando o dinheiro parado, antes de investir em algo mais caro, por isso o que eu mais uso é o Selic.

Outros produtos de renda fixa

CDB
Certificados de depósitos bancários, são títulos emitidos por bancos para conseguir financiar suas atividades de crédito. Os CDBs são taxados, por isso para compensarem, devem ter uma rentabilidade maior que a dos outros produtos de renda fixa que são isentos.

LCI/LCA
Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) são títulos de renda fixa emitidos por bancos e têm o mesmo nível de segurança da poupança. São parecidos com os Certificados de Depósito Bancário (CDBs), porém isentos de imposto de renda. A primeira vista parecem ser melhores do que os CDBs por serem isentos de IR, mas quando você olha as ofertas do mercado, percebe que a diferença não é tão gritante já que os LCIs oferecidos pagam cerca de 95% do CDI, enquanto CDBs chega a quase 118%.

CRI/CRA
Certificados de Recebíveis Imobiliários – CRI e Certificado de Recebíveis Agrícolas – CRA. Para facilitação de entendimento, relacione os CRI e CRA com LCI e LCA, eles tem algumas particularidades, mas também algumas diferenças. Ambos tem isenção de imposto de renda, IOF e taxa de administração.

Debêntures
Títulos de dividas de empresas. Quando uma empresa precisa de dinheiro e não está disposta a vender ações, nem pegar empréstimos, ela pode emitir títulos de divida que são negociados no mercado financeiro.

LC
Letra de Câmbio, funciona como um CDB.

Outros Conceitos Importantes

Taxa de Juros
O preço de se "alugar o dinheiro" em um período de tempo é chamado de juros. Se você empresta 100 reais para alguém esperando que a pessoa devolva 115 dentro de um mês, a taxa de juros seria de 15 reais ao mês. No mercado financeiro ela é normalmente estipulada em forma de porcentagem e está DIRETAMENTE ligada ao risco. Se uma empresa corre o risco de quebrar, caso ela queria um empréstimo será necessário que ela pague um prêmio maior por isso, caso contrário o investidor não estará disposto a oferecer seu dinheiro. O mesmo ocorre com países. Por isso a taxa de juros Selic, que é estipulada pelo Banco Central oscila, ou deveria oscilar com os riscos do país. Por ela ter o risco soberano (mais seguro do país) e ser a taxa "base" ela impacta na competição das taxas de juros dos outros produtos financeiros. Você pode checar historicamente a taxa Selic aqui.

CDI
Certificado de Depósito Interbancário é um título de emissão das instituições financeiras, que funciona apenas entre bancos. Uma pessoa física não pode comprar CDI até onde eu sei. Contudo, para nós é importante porque os títulos de renda fixa costumam ser baseados nele. Eu costumo consultar na Cetip, mas existem outros sites que também mostram como anda a taxa CDI.

Inflação
É um movimento continuo de ascensão dos preços. Simples assim. Se o preço da sua gasolina sobe, houve uma inflação nos preços da gasolina. Como você pode ver mais acima na foto dos produtos de renda fixa alguns ativos protegem o investidor da inflação (IPCA + o rendimento). Contudo é importante saber que a inflação é medida a partir da cesta de produtos de um consumidor comum. Eu nunca vi ninguém se encaixar nesse consumidor. Nós aportadores que estamos sempre cortando custos, boa parte das vezes, temos uma alteração nos nossos preços muito inferior ao consumidor amplo e por isso podemos nos beneficiar em alguns casos, em outros ela é um verdadeiro vilão que corroí os rendimentos.

FGC
Fundo Garantidor de Crédito, é uma ONG que garante a sua segurança em alguns investimentos, LCI/LCA/CRI/CRA são exemplos de produtos que eles cobrem, sendo o valor máximo R$250.000,00 por CPF e por instituição. Se você estourar o limite de garantia, vale a pena pensar em dividir em produtos de diferentes instituições para estar coberto contra o acaso.

Para quem quer saber mais sobre investimentos e entende em inglês, indico que use a Investopedia. O site é excelente e bem didático. Caso eu tenha escrito algo incorreto, conto com a ajuda da blogosfera pra me corrigir e ir melhorando o guia para os iniciantes que vão se juntando a nós. Termino por aqui meus caros. Espero que lhes seja útil.

Bons ganhos e um grande abraçoo!