Menu

sexta-feira, 6 de maio de 2016

O especialista




Um médico passa a vida estudando, primeiro tem o ensino fundamental, em seguida vem o ensino médio. Depois ele faz (em média) 3 anos de cursinho. Entra em uma universidade na qual passará um longo período. Ao sair já se prepara para a pós graduação. Depois vem o mestrado. Tic tac, e o tempo está passando.

Aos 30-35 anos de idade ele finalmente se torna um especialista na área escolhida. Ele tem um bom salário, agora pode viajar e fazer cruzeiros uma vez ao ano. Ele tem prestígio, e isso é muito bom, afinal todos queremos estudar durante 20 para isso não é? Ele tem uma Evoke marrom incrível, com teto solar, bancos de couro claros e uma mulher maravilhosa. Contudo, é apenas um especialista.

Todos os especialistas da mesma área são iguais. E todo o especialista, por ser um especialista, é igual ao especialista de outras áreas. O que os difere é apenas a área de atuação, ou, filosoficamente falando, as correntes e o local em que voluntariamente escolheram para se escravizar.


O especialista não sabe plantar os alimentos básicos que precisa para sobreviver, não sabe fazer a manutenção básica de sua residência, não sabe defender sua casa (nem mesmo segurar uma arma), consertar seu carro, acender uma fogueira ou manusear facas, não compreende a política, a filosofia ou a economia que está por trás de todo o dinamismo do sistema  que silenciosamente o torna uma mera engrenagem.

Seguindo essa linha de raciocínio acima eu percebo que não há nada de especial em ser um especialista, e definitivamente eu não quero ser um deles. Quando eu crescer eu quero ser um autodidata generalista.  

A diferença é drástica entre conhecer o caminho e trilhar o caminho.



Little boxes on the hillside,
Little boxes made of ticky tacky,
Little boxes on the hillside,
Little boxes all the same.
There's a green one and a pink one
And a blue one and a yellow one,
And they're all made out of ticky tacky
And they all look just the same.
And the people in the houses
All went to the university,
Where they were put in boxes
And they came out all the same,
And there's doctors and lawyers,
And business executives,
And they're all made out of ticky tacky
And they all look just the same.
And they all play on the golf course
And drink their martinis dry,
And they all have pretty children
And the children go to school,
And the children go to summer camp
And then to the university,
Where they are put in boxes
And they come out all the same.
And the boys go into business
And marry and raise a family
In boxes made of ticky tacky
And they all look just the same.
There's a green one and a pink one
And a blue one and a yellow one,
And they're all made out of ticky tacky
And they all look just the same.
  Little Boxes,
Malvina Reynolds

Bons ganhos e um grande abraço!

12 comentários:

  1. E vc acha que vai conseguir o que sendo um generalista autodidata?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon!

      Como dizia o meu avô: "Quanto mais se mira, menos se vê."
      É bom se libertar das cordas da ignorância que nos aprisionam.

      Bons ganhos e um grande abraçoo!

      Excluir
  2. Parabens BI, texto muito bem desenvolvido. gostei da referencia da malvina reynolds, meu avo que curtia essa música.
    muito bom.

    ass anon batedor de carteira

    ResponderExcluir
  3. O problema é que ser um autodidata generalista te trás menos dinheiro pois cria menos valor que um especialista.
    Mesmo assim prefiro ser um autodidata generalista.
    Tenho um amigo médico que está fazendo residência e enfrenta dúvidas e tristeza exatamente pelo que você descreveu. Se sente condenado a ter uma vida enlatada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala CF,
      É verdade, mas tem casos e casos.
      Um legal é o do Elon Musk, que aprendeu TI em 3 dias, e posteriormente aprendeu a construir foguetes lendo livros.
      Manjava das finanças, sendo um dos criadores do paypal, dos pcs, da física e do marketing.

      Legal o que você disse sobre seu amigo, pois o exemplo que eu dei vem de um amigo meu que também faz med e sente profundamente isso. Achei engraçado, pois é o sonho de muitos.

      Bons grandes e um grande abraçoo!

      Excluir
    2. Pois é, Elon Musk é um caso extremo, conta sua biografia que ele lia durante praticamente todo seu tempo livre e tinha na família uma cultura de altíssima tolerância a riscos. Sempre tive este ideal de ser um generalista, me tornei um especialista mas sempre estudando (e tentando viver) também assuntos diversos. Penso que a variável mais importante é o tempo que se troca nestas escolhas, o tempo é irrecuperável, é absolutamente finito e nosso grande chefe.

      Excluir
  4. Fala Burgues, eu fico sempre com um ensinamento, que é busque ser especialista em ganhar dinheiro, quando precisar que algo seja feito você contrata a pessoa, mas sempre concentre em manter o dinheiro sobre seu controle.

    Abraço
    Jota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Burguês eu falei num outro post que estava estudando outras coisas e uma delas é sobre sobrevivencialismo, não aquele idiota de selva, mas um que se encaixa ao dia a dia, como por exemplo comida eu só sabia o basico do basico, manutenção de casa, criar uma horta em casa, creio ser uma boa como ferramenta de estudo e se encaixa como hobby mais pratico ajudando a ser independente, coisa que estou procurando me tornar cada vez mais. Sei que pode parecer idiota mas é como você não precisar de ajuda de outros para fazer o que tem que ser feito.
      Meus pais comentam que ajuda bastante, pois o que antes pagavamos para alguem fazer nós mesmo fazemos, só pagamos caso não conseguimos realizar determina função após tentar. Exemplo pintar a casa nós mesmo fazemos, arrumar a antena aqui de casa não conseguimos pagamos alguem para arrumar, pois sairia caro comprar outra.
      Jota

      Excluir
  5. hm... eu era generalista... formado em ADM... mas tive que virar especialista para não morrer de fome .. TI... rs

    ResponderExcluir
  6. acredito que uma coisa não exclui a outro a pessoa pode ser especialista em sua área e generalista nas demais coisas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Soldado!

      Essa é a ideia!
      Valeu pela visita!

      Grande abraçoo!

      Excluir
  7. Acredito no conceito de profissional em "T".

    Aquele que consegue ter profundidade em determinada área de atuação e ainda consegue caminhar em outros segmentos de forma satisfatória.

    O complicado é chegar nesse nível de maturidade.

    Blog com conteúdo, passarei a acompanhar.

    Falow,
    Pardal Investidor

    ResponderExcluir